NO DIA 4 DE OUTUBRO VOU PENSAR NOS ÚLTIMOS 4 ANOS

No dia 4, na mesa de voto, vou pensar nos últimos 4 anos, principalmente em: - Número de portugueses, acima de tudo jovens, que saíram do meu país. - Cortes nos ordenados, pensões e subsídios. - Número de funcionários públicos que foram despedidos - Aumento do horário de trabalho recebendo o mesmo ordenado - Sobretaxa de IRS - Aumento do IVA da restauração - Número de empresas que faliram - Aumento da dívida pública - Encerramento de tribunais, juntas de freguesia e extensões de saúde - SITIUS - Despedimento de professores - Redução de dias de férias e feriados sem qualquer ganho de produtividade - Aumento do IMI por força da reavaliação dos imóveis - Venda da REN, EDP, ANA, TAP, etc. - Aumento de famílias em risco de pobreza - Regresso ao Estado Novo com a criação da "sopa dos pobres" - Falência de famílias - Injecção de dinheiro no BES que todos os contribuintes vão pagar - Controlo dos principais canais de TV. Morais Sarmento (PSD) na RTP, Marques Mendes (PSD) na SIC e Marcelo (PSD) na TVI - Filhos que regressam desempregados a casa dos pais - Famílias que perderam o emprego, a casa, o carro, entre outros - Etc, etc, etc. EU VOU PENSAR EM TUDO ISTO! E VOCÊ?

Sem comentários: