Em 4 anos de coligação PSD/CDS Portugal REGREDIU!

Em 4 anos de coligação PSD/CDS Portugal REGREDIU! 

A dívida externa aumentou 36%, os números do desemprego são MARTELADOS com recurso a acções de formação e a estágios. 

O rendimento das famílias, as que felizmente ainda têm rendimento, foi brutalmente reduzido, os pensionistas foram e continuam a ser vergonhosamente ROUBADOS. 

O estado de sectores essenciais da sociedade como a saúde e a justiça é CAÓTICO. 

Um estudo da Dinheiro Vivo conclui que o governo de Passos Coelho RETIROU 3,6 mil milhões de euros aos salários tendo OFERECIDO um aumento de 2,6 mil milhões ao capital. 

Temos cada vez mais crianças com FOME, temos cada vez mais idosos SEM CAPACIDADE para comprarem os seus medicamentos, o recurso à justiça é IMPENSÁVELl, não há dinheiro para TAXAS, o recurso à saúde pública é para ricos, não há dinheiro para taxas.

O Tribunal de Contas acusa e alerta de irregularidades que foram cometidas e que prejudicam os Portugueses entre as quais as da ADSE e do Fundo de Resolução Orçamental.

O Estado escondeu 11 mil milhões de euros em despesas e injectou em empresas públicas 1.700 milhões de euros que não contabilizou. Mais de mil milhões de euros dos nossos impostos não foram contabilizados como receita. Contrariamente ao que apregoam, a despesa pública aumentou 8%, sendo por isso considerado já um Estado GASTADOR.

O Património Público é vendido ao desbarato e às escondidas. 

É altura dos Portugueses dizerem BASTA! 

Votar em maioria no PS e eleger ANTÓNIO COSTA como Primeiro-Ministro de Portugal.

Sem comentários: