NEVRALGIA DOMÉSTICA


Longe de mim está a razão,
pudesse eu tê-la no meu coração
e já esta desilusão cruel que me arrasa e vence
dia a dia, teria cessado.
Hoje é um dia escusado e triste.
O sonho passou-me ao lado,
esfumando-se.
Versos brancos, vagos,
incoerentes, repletos de desilusão me ensopam a alma.
Os pensamentos escorrem de mim pela erma estrada,
como escassas lágrimas que brotam
gota a gota
pela pressão sentida.
Nas frontes, uma dor insana trespassa-me.
Os olhos semi-cerrados, esgotam-se.
Hoje aqui sentado,
apenas me consolam
o que os meus olhos vão lendo,
nestas tuas linhas,
como analgésico miraculoso
que embalará o espírito
nesta noite de desassossego.

João Belém
2010.07.23

4 comentários:

Antonia Ruivo disse...

Gota a gota se esvai o dia
chega a noite suave maresia
que aquece quem diria.
O silêncio, que estranho, ria
de mim e da lágrima que caía.
Beijinhos

JJ disse...

Mas a enxaqueca não passou... ainda.

Antonia Ruivo disse...

Um dia passa, basta acreditar.

JJ disse...

Afinal a enxaqueca desvaneceu-se após ter lido as tuas linhas repletas de palavras autêntico antídoto para curas milagrosas.
Beijinho grande