Feriados sem gás...


Feriados, são sempre bons, reconfortantes, mas a meio da semana e mais do que um consecutivamente, não dão jeito nenhum. Também têm desvantagens, algumas caricatas e impensáveis.

Imaginem um prédio, igual a tantos outros prédios, numa rua igual a tantas ruas, na cidade de Portalegre.

Um prédio de quatro andares habitados.

Imaginem dois feriados, que os desígnios do calendário decretou acontecerem no meio de uma semana que se conclui com uma sexta-feira e um fim de semana, consecutivamente, umas férias curtas mas excelentes em princípio de Verão e véspera de Santos Populares.

Imaginem agora que destes 4 andares, de três deles todos os seus habitantes decidiram viajar e aproveitar as mini-férias para carregar baterias, (claro, se eu pudesse também o faria, mas o trabalho está primeiro e a sua contrapartida faz imensa falta), e por isso cá fiquei, no meu lindo Alentejo.

Alguém, que ainda não se sabe quem, nem porquê, prodígio de inteligência rara e repleta de massa cinzenta podre, decidiu, por segurança e excesso de zelo, desligar o gás; claro que poderia e deveria desligar o seu gás, mas não. Desligou todo o prédio.

O que terá passado pela cabeça deste ser, é coisa que ainda não sei bem descrever e para o qual alguém irá investigar. Contactada a Tagusgás, da situação, fiquei admiradíssimo com a eficiência e rapidez surpreendentes dos técnicos, que me acudiram em 10 minutos e resolveram quase de imediato o problema, ficando também com a interrogação do sucedido e esperando o inquérito rápido de apuramento deste anómalo procedimento, que é proibido por parte de desconhecidos, o acesso à caixa de ligação de gás, colocado na via pública, mais concretamente no passeio. Alguém terá, possivelmente de ser chamado à razão. Ou não!!

Penso apenas que houve falta de civismo, um egoísmo total, de alguém que pensou mais no seu ego do que naqueles que trabalham mesmo nos feriados e nos fins de semana, que se esfalfam a trabalhar à noite e chegam a casa, nem um banho podem tomar, a sopa tem que se comer fria, porque um imbecil qualquer foi de férias a semana toda, apanhar Sol e rir e comer e… fazer o que ele quiser e… muito simplesmente… cortou o gás do prédio… e os outros que se lixem… porque são parvos… porque também deviam ir de férias…; se cá ficam é por que querem; se não vão de férias é por que não querem….. e coisas assim, sei lá!!

Enquanto houver pessoas a pensar assim de nós, o melhor é ficarmos atentos naqueles que nos rodeiam.

Desculpem o desabafo mas hoje foi um dia que passei incrivelmente mal disposto...

1 comentário:

Antonia Ruivo disse...

Para ficares bem disposto, deixo-te um grande beijinho de saudade, estou a imaginar-te sem gás,, beijocas