PELAS RUA DA CIDADE

“O Ruído age sobre o organismo humano de várias maneiras, prejudicando não só o funcionamento do aparelho auditivo como comprometendo a actividade física...”


Há uns dias a esta parte que na nossa Cidade se vem constatando o ruído insurdecedor dos travões ou coisa que o valha nos autocarros eléctricos que cruzam diariamente as ruas da nossa Cidade.
O epíteto de que o veículo em causa “[...] pode circular em arruamentos estreitos e conviver, nos locais de acesso condicionado, com os peões de uma forma pacífica já que não emite gases poluentes nem é ruidoso. […]” deixa muito a desejar. Seria uma alegria vê-lo passar, mas este facto está a tornar-se um autêntico inferno, devido ao intenso ruído que os mesmos emitem nas inúmeras descidas que Portalegre detém.
Espero que esta anomalia não seja sinal transmissor de insegurança e venha a ser prejudical num futuro próximo, para cidadãos que regularmente os utilizam como também para motoristas camarários que os conduzem.



A Bem de Portalegre

Sem comentários: