TRISTEZA



Foi uma tristeza a resolução encontrada na mudança do Espectáculo dos Xutos e Pontapés em Portalegre, programada para o Estádio Municipal, mas que, devido ao mau estado do relvado devido à forte chuvada que se abateu sobre a cidade, no feriado deste dia 23 de Maio, dia da Cidade.
Simplesmente uma decepção na decisão tomada de utilizar o Centro de Artes e Espectáculos, com lotação de 600 pessoas, para a actuação dos Xutos e Pontapés, que envolve milhares de entusiastas que a Banda atrai.
Um verdadeiro fiasco... não há a menor dúvida!
Viu quem esteve lá à porta do CAEP, que neste momento (23h00m ainda são centenas) que esperam que as portas possam abrir-se. São entusiastas, população que não pode assistir ao seu espectáculo, na sua Festa, que também tem direito, mas que não tem lugar, pois o espaço não é o indicado para o efeito.
Não foi bem pensado. Houve tempo para se tomar a melhor decisão. Se as previsões atmosféricas não o permitiam, porque se continuou a teimar no Municipal?
Talvez o Pavilhão do NERPOR, aquele lá em cima que não estava ocupado pelo almoço dos militares da GNR.
O Pavilhão apenas necessitava de arrumação, de resto, o espaço já por inúmeras provou ser o ideal para eventos desta natureza. Porque não se resolveu com antecedência?
Não pensaram em milhares, pensaram só em alguns.
E é assim que querem ganhar votos!
Os Xutos devem sentir diferença - deve ser o espectáculo mais ridículo da Torunée - tão poucas pessoas de Portalegre a assitir ao seu espectáculo.
São poucos mas são dos melhores que há para ver os Xutos.
É que a população de Portalegre gosta de boa música.
Vai deixando de gostar é dos governantes, que vão, ano após ano, deixando muito a desejar, não correspondendo aos ideiais para que foram eleitos.
Bom foi para os donos das barraquinhas que se instalaram nas imediações - fizeram ainda algumas receitas, o que nos tempos que vão correndo, é melhor do que nada.
Quanto às Festas, por mim estão encerradas, mesmo antes de terem começado.

Sem comentários: